terça-feira, 6 de novembro de 2007

Mais umas....

Aproveitando o tempo....

Seguem mais umas fotos para todos verem como estou um lindo!!!
Bjinhos do Biel
PS: Notem nessa primeira foto: TAL PAI, TAL FILHO!!!!












3ª Semana!!!

Cá estamos nós, depois de tanto tempo, fazendo uma pausa no dia a dia para dar notícias para todos!!! Queria ter postado novo vídeo no domingo, aniversário do meu pai, mas a somatória do tempo escasso e a internet fora do ar não permitiram! Ainda bem que o Biel pôde dar parabéns para o Vovô Haroldo via skype, com direito a câmera e tudo. Viva a tecnologia!!!!

Nosso príncipe segue crescendo! Espichando mais que engordando. Como bem disse o Dr Gastão, vai puxar o pai: comprido e magro! Cada dia estamos mais apaixonados por ele. E é impressionante como de um dia para o outro o assunto da casa mudou completamente. Só se fala de cocô, xixi, quantas mamadas por dia, tem ou não tem febre e porn aí vai! Tantas rotinas novas, e o tempo como aliado para nos habituarmos a elas. Como recompensa, um menino gostosíssimo e muito amado full time!!!!

Recebi visita da Tia Lucinha e Tio Pão. Aproveitamos muito!!! Obrigada pela cadeirinha, acho que meus pais não tem idéia do impacto positivo que esse presente terá na vida social deles!!!

Aos amigos e familiares, obrigada pelo amor, pelas mensagens de carinho! Prometemos aparecer por aqui mais vezes com fotos e filmes, sempre que der!!! Aí vai uma amostra do quanto estou esperto!!!!
video

E abaixo, gostaria de dividir com todos o belo poema do Vinícius... Tão divertido e verdadeiro...

PS: Vovô Haroldo, meu umbigo caiu no dia do seu aniversário, meu 15º dia de vida. Mamãe jamais vai esquecer essa data!!!!


POEMA ENJOADINHO

Vinícius de Morais

Filhos...Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-lo?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como o queremos!
Banho de mar
Diz que é um porrete...
Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica
Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!
Resultado: filho.
E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.
Filho? Filhos
Melhor não tê-los
Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!
Filhos são o demo
Melhor não tê-los...
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!
Chupam gilete
Bebem xampu
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém, que coisa

Que coisa louca

Que coisa linda
Que os filhos são!